Notícias

Artigos Relacionados

|||

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS ASSINA CONTRATO COM A DGM SISTEMAS PARA MELHORIA DOS SERVIÇOS DOS REGISTOS E NOTARIADO DE ANGOLA

PLATINALINE: A DGM Sistemas assinou um contrato de prestação e serviços de consultoria com o Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos para garantir a continuidade e melhoria dos serviços que presta a população e a DGM reforça os trabalhos que tem desenvolvido com o Ministério ao longo dos últimos 12 anos e a sua atuação em território angolano.

A DGM Sistemas assinou um contrato de prestação e serviços de consultoria com o Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos para garantir a continuidade e a melhoria dos Serviços dos Registos e Notariado. Com este acordo, o Ministério da Justiça visa garantir a continuidade e melhoria dos serviços que presta a população e a DGM reforça os trabalhos que tem desenvolvido com o Ministério ao longo dos últimos 12 anos e a sua atuação em território angolano. A cerimónia de assinatura do contrato decorreu no último dia 31 de maio, em Luanda, no Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, representado pelo secretário de Estado da Justiça, Dr. Orlando Fernandes, e o sócio-director da DGM, Mauro Ferreira Franco.

 

O Projecto tem como meta a reestruturação das áreas de manutenção, suporte e desenvolvimento das aplicações, sistemas e equipamentos informáticos nos serviços dos Registos e do Notariado, bem como do Guiché Único de Empresa. Entre eles contam-se os Sistemas integrados do Registo Civil, Registo Comercial, Registo de Automóveis e o Notarial.

 

Mauro Franco considera que este acordo “reforça a parceria existente da DGM com o Ministério da Justiça”. E afirma: “Temos um histórico de excelência nos projectos desenvolvidos no país e estamos comprometidos com a utilização de tecnologias inovadoras para apoiar as instituições governamentais na sua relação com as populações. Estamos prontos para entrar no início de uma nova era nos Registos e Notariado em Angola”.

 

A DGM Sistemas já foi distinguida a nível internacional pelo projecto de Implementação e Gestão da Emissão do Bilhete de Identidade e Registo Criminal de Angola, concretizado entre 2008 e 2017. O projeto foi premiado pela revista GSN (Government Security News) como “Primeiro Destaque Excecional e Exemplar” na área de Homeland Security em África e foi considerado um dos melhores “Case Studies” na utilização das suas ferramentas pela Microsoft.

Conservatória do Registo Civil do Sumbe retoma serviços públicos

Conservatória do Registo Civil do Sumbe retoma serviços públicos

JORNAL DE ANGOLA: Depois da intervenção de uma equipa técnica do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos e da consultora DGM Sistemas, a Conservatória do Registo Civil do Sumbe voltou a funcionar normalmente, desde terça-feira.

+
RUBRICADO CONTRATO PARA A MELHORIA DOS SERVIÇOS DE REGISTO

RUBRICADO CONTRATO PARA A MELHORIA DOS SERVIÇOS DE REGISTO

BOLETIM DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS: O Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos e a empresa DGM rubricaram, sexta-feira, em Luanda, um contrato em matéria de solução tecnológica para os serviços de Registo e Notariado. Com este contrato já é iniciada a grande campanha MEU PRIMEIRO BI, RUMO A CIDADANIA.

+